sábado, 2 de junho de 2012

Dobradinha com Feijão Branco II


Dobradinha com feijão branco é um daqueles pratos que ou você morre de amores ou detesta...
O que não vale é dizer que não gosta sem nunca ter experimentado este prato tão saboroso e tão especial.
Aliás nunca diga "Nunca" porque se o mundo gira em torno de mudanças... nós também!
Mudanças espirituais, físicas, afetivas, de humor, de comportamento e até no gosto, no paladar.
É tudo uma questão de aprendizagem...
E se você nunca experimentou uma dobradinha com feijão branco bem apimentadinha, você não sabe o que está perdendo! Dos deusessss!!
A receita da minha Dobradinha ainda leva feijão branco, linguiça, batata, cenoura e desta vez troquei a costelinha por 1/2 kg de músculo cozido.



É só clicar aqui no link pra ver a receita... Dobradinha com Feijão Branco

Pronto! Aí é só preparar aquele arrozinho branco bem soltinho e ser beeeem feliz!

10 comentários:

são33 disse...

EU ADORO É UM PRATO BEM RECONFORTANTE.
BOM FIM DE SEMANA
BJS

Sabor no Prato disse...

Oi Maísa, seu prato está com um aspecto muito bom. Eu não sou muito fã de dobradinha e nem de feijão :( , mas minha mãe iria adorar este seu prato!

Um abraço, Fabiana.
http://sabornoprato.blogspot.com

Marbene Araujo Bueno disse...

Olá Maísa, bom dia!

Vc foi muito feliz nas considerações.

-Ao menos experimenta!
-Não quero, não gosto.
-Já experimentou?
-Não, mas eu não quero, não gosto!!
-Há, entendi...

Imagino uma pessoa que não sabe o que é um bucho de boi, chegar numa cozinha escutando o cheio característico penetrante e quando conseguir visualizar, achar que é uma toalha de banho velha e encardida!!!!

No dia em que a Sardinha for escassa nos mares e custar caro, todo mundo vai comer e achar maravilhoso.

Por onde andei na Espanha, França e Itália, as pessoas veneram os miúdos em geral e o bucho em particular. Em Firenze são tradicionais e muito frequentadas as Triparias (cometi um post sobre comida de rua em que elas são mostradas). Em Lyon comi dobradinha da melhor qualidade.

Confesso sem medo de errar, tratar-se de uma iguaria que, se bem feita como essa que vc preparou com toda a boa vontade e carinho (sim, por que dá trabalho!), tem a capacidade de "levantar" o paladar da pessoa. A dobradinha, sugiro, para ser bem apreciada, deve ser antecedida de um trago de cachaça envelhecida no carvalho. Ai sim, a coisa muda de figura.

Particularmente, quando faço, dedico ao menos 3 dias no seu preparo. Não fica melhor, nem pior que as outras tantas maneira diferentes de se preparar. Faço assim por que é um momento único na vida de quem gosta de cozinhar procurando extrair do alimento o seu melhor momento.

A feijoada também tem esse apelo sobre mim. Um prato tão emblemático, pois de raízes profundas na cultura gastronômica.

Viajei, rsrsrsrsr!!

Bom final de semana minha amiga. Sou seu fã. Beijos.

Maísa disse...

Que bacana Marbene
Realmente é um prato diferente, com sabor muito especial e que aqui em casa é feito pelo menos 2 vezes ao ano...ah tem que ser no caldeirão porque quem participa do almoço quer leva um pouquinho pro jantar...
Qto à cachaça envelhecida...uii!!
Obrigada meu amigo!beijão

María Jesús disse...

Un plato bien fuerte para un sabado que llueve por aqui,..... me ha gustado el resultado del mismo.....

luci disse...

Eu não experimentei ainda mas já anotei a receita e vou fazer beijos

Gisela disse...

Eu adoro este prato!!
Tenho saudades de comer
Um beijinho e boa semana

Selene disse...

Bom dia
Que refeição deliciosa.
Gosto muito.

Beijinho e boa semana

Ana Claudia disse...

Maísa querida, que prato delicioso, adoro, o meu não fica tão bonito como o seu...rsrs...
Beijos, boa semana...o arroz também está super delicioso...
Ana Claudia
wwwa.anaclaudianacozinha.blogspot.com.br

Salsa Verde disse...

ADORO!!! Que receita deliciosa.
Beijinhos,
Lia.